Voltar a malhar depois das férias!

Publicado em 09 de janeiro de 2018 às 11:22

Grande parte das pessoas costumam ter o seu período de férias entre o final e o início do ano, especialmente aqueles que têm filhos. É uma época em que muitos viajam, não só por estarem de férias, mas também por causa da virada de ano e do clima, excelente para visitar o litoral.

 

Porém, muitos se esquecem de cuidar da saúde nesse período e passam longos dias sem fazer nenhum tipo de exercício físico. Por isso, o cuidado na hora de voltar à rotina deve ser redobrado para evitar qualquer lesão. Afinal, o seu corpo precisa se readaptar ao ritmo de antes.

 

 

Por onde começar?

 

Pela lógica, o ideal nesse momento de retorno é reduzir a carga. Você pode causar um impacto negativo no corpo e passar dias sem poder ir a academia por conta das lesões musculares obtidas.

 

Uma regra geral é reduzir cerca de 20% da intensidade dos treinos. Por exemplo, se você faz agachamento com 10 kg, a redução da carga será para 8 kg. Caso você não queira reduzir a carga pode diminuir as séries ou a quantidade de repetições sempre baseado no cálculo de 20% do valor anterior.

 

Mas como disse isso é uma maneira generalizada de ver as coisas. Cada organismo é único e você pode simplesmente não precisar dessa redução ou diminuir ainda mais do que isso. Observe como o seu corpo responde depois de um dia de treino. Se você perceber que pode avançar, faça isso gradualmente até chegar no ponto exato.

 

 

Treinamento aeróbico

 

Se o seu exercício diário era a corrida e você ficou completamente parado por 10 dias, então a redução do seu desempenho será em torno de 10%. Para voltar à vida de corredor você pode começar reduzindo o tempo de exercício ou mesmo a intensidade com que ele é realizado. Fazer essa medida em km/h é uma ótima opção já que hoje há diversos aplicativos que fazem esse cálculo por você.

 

Outro bom marcador de intensidade e que serve para qualquer tipo de exercício aeróbico é o batimento cardíaco. Se você já utilizada um monitor de batimentos cardíacos para controlar o ritmo dos seus exercícios será bem mais fácil para retornar a rotina depois das férias. Você pode pedir a ajuda de um profissional para ajustar o seu ritmo.

 

 

Outros fatores a considerar

 

Apenas o tempo que você ficou parado não suficiente para determinar o seu ritmo inicial de retorno às atividades físicas. A forma como você se alimentou durante esse período, a ingestão de bebida alcoólica, o uso de cigarros, noites mal dormidas e o ganho ou perda de peso interferem significativamente no seu desempenho.

 

Dessa forma, os resultados serão rápidos e você retomará o mesmo ritmo de antes sem problemas.


Dicas para recuperar energias e voltar à rotina após o Carnaval

Publicado em 15 de fevereiro de 2018 às 09:26

Dicas para recuperar energias e voltar à rotina após o Carnaval

  Os quatro dias de folia chegam para arrasar qualquer um e depois de toda curtição, a realidade do dia a dia também volta com tudo.   Voltar ao ritmo normal de trabalho e correria depois de um feriado prolongado já não é tarefa fácil. Agora, fazer isso logo após o Carnaval, principalmente para aqueles […]

Conheça as carreiras que têm boa remuneração, mas exigem inglês fluente

Publicado em 06 de fevereiro de 2018 às 17:34

Conheça as carreiras que têm boa remuneração, mas exigem inglês fluente

Profissionais fluentes em inglês chegam a ganhar 61% a mais que os demais. Veja as profissões que exigem a segunda língua e a remuneração delas   Na atualidade, ter graduação e pós-graduação não é o suficiente para conseguir uma boa posição no mercado de trabalho e ter uma carreira de destaque. O domínio de uma […]

Qualidade de vida: Atividade Física Aliada à Alimentação saudável

Publicado em 06 de fevereiro de 2018 às 17:32

Qualidade de vida: Atividade Física Aliada à Alimentação saudável

Atualmente vivemos em um mundo onde todos almejam a famosa qualidade de vida. Está mais do que bem estabelecido que para que tenhamos saúde, é necessário um equilíbrio entre a prática de atividade física e uma alimentação adequada.   Porém, por mais que o desejo das pessoas seja de ter uma vida saudável, pouco se […]